O termo "Buckfast®" foi usado pelo irmão Adam, em publicações ou artigos relacionados com o seu trabalho de seleção (uma abelha produzida na Buckfast Abbey®). O motivo para o registo da marca Buckfast® é evitar possível degradação, devido à incompetência ou ignorância do "auto-proclamado" criador Buckfast® . Em Portugal serve para que ninguém se aproprie do nome Buckfast® inadequadamente, tendo como objetivo a união de criadores para reproduzir o mais próximo da qualidade das rainhas fornecidas pelo irmão Adam.

O Coordenador de Reprodução, Cláudio Pinto, participou na jornada de apicultura organizada pela Associação "Pinus Verde"  onde apresentou uma palestra  com o tema da apicultura Buckfast.




É fundamental a divulgação da Buckfast junto dos apicultores. Nesse sentido, no dia 27 de Janeiro, por ocasião das II jornadas apícolas do Fundão, organizadas pela Pinus Verde - Associação de Desenvolvimento, Cláudio Pinto fez uma palestra sobre a temática "Abelha Buckfast Portugal". A apresentação iniciou-se com uma breve introdução à Buckfast Portugal, falando sobre a mesma de como surgiu, do seu papel na adaptação de métodos para conservar esta raça. Posteriormente, foi demonstrado o funcionamento da Estação de Acasalamento Dirigido, Inseminação e Acasalamento dirigido com tempo de voo controlado. Seguiram-se várias questões sobre os métodos apresentados, mas as respostas no meu modo de ver não é o mais relevante, uma vez que existimos e praticamos esses métodos.

Sem comentários:

Enviar um comentário